ONLINE
11




Partilhe esta Página

ACITEL

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Agências de publicidade: municípios reféns?
Agências de publicidade: municípios reféns?

Algumas cidades perdem autonomia de decisão em face da agência que as servem

 

Para cumprir exigências legais e para que, a exemplo do passado, alguns jornalistas nunca mais venham pegar dinheiro em espécie por pagamentos de publicidade de prefeituras, na boca do caixa da tesouraria dessas, o caminho são as agências de publicidade. As prefeituras, por meio de licitação têm uma determinada empresa e essa, fica responsável pela cota de publicidade a ser repartida entre as mídias que divulgam tal município. Até ai, não há problema.

O problema reside, e isso de forma cancerígena, em grande número dessas agências de publicidades, que abusam de valores que cobram das prefeituras para essa divulgação, e o que é pior: que, (deixe-se claro que isso não é generalizado) direcionam com cartas já marcadas quais as mídias que receberão tais fatias. Prefeitos estão sendo reféns de agências. Agências que servem municípios em nossa região estão exigindo, por exemplo, pagamento de arte a exemplo, de logotipo dessas prefeituras e logo que já existem, mas que essas, cobram de (preços inaceitáveis) por algo que não aceitam que já a sejam enviadas. Qual é o nome disso? Seria porventura, abusar do dispositivo legal que os prefeitos se veem obrigados a aceitar, porque não quererem agir em desconformidade com exigências legais?

Em visita um município dias desses, e colocando que o site Okerekando, de forma legal, estaria à disposição como mídia de divulgação das boas ações do executivo dessa localidade, foi conhecido que uma agência de Ponta Grossa o faz refém. Ela quem decide... ela quem abusa no valor... ela quem decide quais os veículos que irão divulgar tal material publicitário.

Antes que se venham ameaças jurídicas ao site Oberekando, faz-se importante uma mudança de postura de empresas que agem dessa forma. O problema é que por vezes, o costume de negociatas é tão grande, que quando vem um meio, que só quer divulgar, esse é quem está errado! O problema é que muitas vezes, o contrato de muitas agências está atrelado à grandes grupos e a razão é mais que conhecida! Enquanto isso os pequenos: esses nem existem!

O Site Oberekando, com isso, quer apenas esclarecer ao cidadão, que paga essas mídias, que com o seu dinheiro, podem existir grupos que você nunca imaginaria existissem, “como diz o velho ditado: indo muito além de seu quadrado” e isso é passivo de Ministério Público. A soberania sobre determinado município deve, obrigatoriamente, ser algo inerente à sua população!

Convém aqui lembrar que a agência que serve Telêmaco é a Trade, e ao que se levantou, está em conformidade, acessível, e que entende ser a população e suas autoridades, mais que uma agência, quem de fato determina as decisões a serem tomadas no município. Óbvio, sendo repetitivo: em conformidade com a Lei.