ONLINE
8




Partilhe esta Página

ACITEL

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Altas temperaturas trazem riscos em lagos
Altas temperaturas trazem riscos em lagos

Menores são vistos nadando em áreas não permitadas. Bombeiro faz alerta

dfdg

03-11-2014 às 11:53:15) Uma cena vista na semana passada pelo Oberekando, onde crianças estavam nadando em grupo, nas águas do lago existente na Praça Pastor Pedro Cortêz (próximo à Cem Casas), despertou a  necessidade de alertas, devido a dias com altas temperaturas que estão acontecendo em plena primavera, trazendo um panorama de como deverá ser o verão desse ano. Na ocasião, inclusive, meninos nus, sem a preocupação com os usuários dessa praça, uma das poucas, senão a única, que possui excelente frequência na cidade.

O Cabo Pacholok, que atende momentaneamente pela sargenteação da Cia de Bombeiros de Telêmaco Borba, alertou que se procurem locais apropriados para se nadar, e que em nossa cidade, não existe nenhum local público que haja essa permissão, e lembrou que da mesma forma, o lago da Casa da Cultura, que está sendo reparado, também não tem autorizado o nado.

Nas regiões ribeirinhas, segundo ele, quem em geral acaba sendo vítimas de tragédia, são pessoas de fora, porque aqueles que próximo residem, já conhecem os locais de riscos. A ingestão de bebidas alcoólicas e de drogas são outras causas de mortes em rios e lagos. “As pessoas ficam mais eufóricas e fora de si”.

Pacholok recomenda que em todos os casos, sejam usados os coletes salva-vidas e aprovados pelo Inmetro, de preferência. Quanto às boias feitas de garrafas pets assim como outros artefatos artesanais, ele aconselha o não uso, pela falta de aferição de sua praticidade.

No caso especifico, citado quanto aos meninos menores em situação de risco, ele disse que situações como essas podem ser comunicadas ao Conselho Tutelar, por exemplo. “Práticas corretas de como se portar em situações como essa, se iniciam em casa”.

Escute abaixo matéria esclarecedora sobre todos os cuidados neste verão, seja com relação a segurança quanto a água, mas também ações cotidianas que nos pedem mais atenção para evitar-se incêndio.