ONLINE
13




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

AWEF

X

S 

D


APOIO KLABIN: Imbaú tem cascalheira própria
APOIO KLABIN: Imbaú tem cascalheira própria

Área passou por estudos de viabilidade e aguarda licença para começar a operar

FONTE: KLABIN

dKlabin vem sempre cooperando com Imbaú e demais municípios de sua abrangência

2018-06-15 às 14:12:22)  A construção e manutenção de estradas rurais no município de Imbaú passam a contar com um importante recurso: uma cascalheira municipal, localizada no km 222 da BR-376. O processo de licenciamento do local foi realizado em parceria com a Klabin e, agora, aguarda a emissão da autorização ambiental para iniciar a operação.

A área da cascalheira, localizada em uma propriedade particular do município, passou por estudos de avaliação técnica, realizados por uma consultoria especializada fornecida pela Klabin. O levantamento considerou as especificidades da geologia local, bem como demais detalhes sobre o aproveitamento de todo potencial do território e medidas ambientais necessárias.

“Ter uma cascalheira do município disponível e próxima nos ajuda a desenvolver diversas obras de construção e manutenção de estradas, contribuindo especialmente para a melhoria da segurança das vias, da qualidade de vida e da rotina dos moradores das áreas rurais”, afirma o prefeito Lauir de Oliveira, o Lauzinho.

 

SOBRE A KLABIN

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff, e líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável, buscando crescimento integrado e responsável, que une rentabilidade, desenvolvimento social e compromisso ambiental. A Klabin integra, desde 2014, o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), da B3. Também é signatária do Pacto Global da ONU e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, buscando fornecedores e parceiros de negócio que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

 

VEJA TAMBÉM:

ESCUTE O MINUTO KLABIN 19