ONLINE
9




Partilhe esta Página

C

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

D


Audiência: Investimentos de R$ 45,93 milhões
Audiência: Investimentos de R$ 45,93 milhões

Números da Saúde correspondem à 2017

FONTE: PMTB

sd

2018-02-27 às 10:16:02) A Administração Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou no dia 23 de fevereiro (sexta-feira), às 19h, no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores, a Audiência Pública da Saúde, referente ao 3.º Quadrimestre de 2017 e o balanço geral do ano.

A prestação de contas na área financeira coube ao contador do Município, Agostinho Romão, enquanto que as ações promovidas pela Administração do prefeito Dr. Marcio Matos, executadas pelo secretário Dr. Ede Pukanski na área de Saúde, foram apresentadas pela chefe de Divisão de Saúde Pública, Marlise Marcondes Lopes.

No aspecto contábil o município concluiu o 3º quadrimestre com a aplicação de recursos na ordem de R$ 17,35 milhões.

No primeiro quadrimestre o valor foi de R$ 14,21 milhões e no segundo R$ 14,36 milhões, perfazendo um investimento global em saúde de R$ 45,93 milhões referentes a pagamento de pessoal e encargos sociais, despesas correntes e investimentos.

Na prestação de serviços destaca-se o volume total de consultas médicas, foram 199,8 mil prestadas na APS (Atenção Primária a Saúde), UPA (Unidade de Pronto Atendimento), CRE (Centro Regional de Especialidades), CMP (Centro Mãe Paranaense), Pediatria, DIE (Doenças de Interesse Epidemiológico), CAPS (Centro de Apoio Psicossocial e Tabagismo.

Constatou-se a diminuição em 10,44% no número de mortes prematuros, com idade entre 30 a 69 anos, baixou de 134 em 2016, para 120 casos em 2017, sendo que a pactuação foi de 137 mortes. A meta nacional é uma redução de 2% ao ano.

As principais causas de óbitos são neoplasias, doenças circulatórias, respiratórias e endócrinas.

Enquanto que o número de nascimentos em 2017 foi de 1.089 crianças, número 8,87% menor se comparado a 2016 quando nasceram 1.195.

A cura nos casos novos de hanseníase passou de 83,30% em 2016 para 100% no ano passado.

No AMOA houve a distribuição de mais de 160 mil preservativos, realizou testes rápidos: 3 mil de HIV, 3,2 mil de sífilis, 2,7 mil de hepatite B e 2,7 mil de hepatite C.

A saúde feminina, por meio da Clínica da Mulher, atendeu a 6 mil consultas e garantiu 1,6 mil mamografias.

Quanto a saúde bucal a cobertura atingiu a 79,75% prestando o atendimento de fluoretação nas escolas municipais 45,5 mil, escovações supervisionadas (escolas/cmeis) 14 mil, além de 4 mil exames e 8,5 mil restaurações.

A vigilância sanitária realizou durante o ano de 2017, 476 cadastros, fez 795 inspeções, 340 licenciamentos, 109 atividades educativas, e 1103 outros serviços.

No CAPS (Centro de Apoio Psicossocial) foram 1,5 mil atendimentos médicos, 1,7 mil por profissional de nível superior e 566 trabalhos com grupo terapêutico.

Ao longo de 2017 a Saúde em Telêmaco Borba atendeu 82 mil consultas médicas, realizou 252 mil procedimentos de enfermagem e a farmácia prestou 125,6 mil atendimentos.

As ações preventivas foram reforçadas ao longo do ano como o outubro rosa, novembro azul, campanha de combate à dengue, reuniões de grupo com diabéticos e hipertensos.

O Núcleo Saúde da família desenvolveu 519 atividades educativas e prestou 5,3 mil atendimentos.

Participaram da audiência pública os vereadores Marquinhos Almeida, Ezequiel Betim, Élio Cesar (Fubá), o coordenador do Centro Odontológico Municipal, Paulo Marcelo Nocêra, chefe da Divisão de Administração em Saúde Ludovico Sobrinho, contador da Prefeitura Arnaldo Bueno, Cleverton Soares coordenador da UPA, além de presidentes de bairro e servidores da Secretaria Municipal de Saúde.