ONLINE
9




Partilhe esta Página

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


DE T.BORBA,ANA KAROLINE DINIZ PARA O MUNDO FASHION

Ao Oberekando, falou que com três aninhos, pelo Projeto Passarela na Capital do Papel, de dez, oito agências mostraram interesse por ela

 

2018-04-30 às 01:10:48) Uma história que começou a ser escrita quando ainda era bebê. Com três anos de idade, ela já encantava, por oportunidades abertas em Telêmaco Borba, no Projeto Passarela. Hoje, aos 14, Ana Karoline Diniz retoma, e quando esteve na Expo-Unimed em Curitiba, que se deu no Teatro Positivo, a beleza da telêmacoborbense, chamou novamente a atenção. Planos, sejam para as passarelas, canto, teatro ou TV, lhe rodeiam, e ela vai com tudo! Sabe-se que essa área demanda de investimento, e patrocínios serão benvindos. A acompanhou no bate-papo, sua mãe, Ana Maria Diniz. 

“Sou telêmacoborbense roxa”. Ela recebeu convite de cinco agências, mas isso demanda de investimentos, também de cunho pessoal: Cia de Talentos, Desir, ambas do Rio, e Lápis de Cor, Lumini Casting e Maria Mariá, de São Paulo. Desta vez, em Curitiba, também foi pelo Projeto Passarela, o MGT, que fora a 26ª edição, de 19 à 21 de abril, quando esteve na categoria 13 a 25 anos, Young.

“Quando eu era pequena, entre dez agências, fui escolhida por oito. Fiquei em duas, mas não deu nada, mas agora eu voltei”. A mãe explicou que no mesmo momento, situações familiares se davam, e foram priorizadas, em detrimento da passarela.

Ana, ao ser perguntada como é o dia a dia em ser mãe de uma modelo, disse: É difícil!  Você tem que andar sempre com uma espingarda do lado!”. Continuou: “É um sonho dela, ela gosta, a gente tem que correr atrás!”, exemplificando a ida à Curitiba, motivo que procurou patrocínio.

Ela relembrou a primeira seleção, pelo Passarela aqui mesmo em Telêmaco e que já levou a filha pra Gramado (RS), aonde desfilou. Justamente pelo alto custo, apenas em duas agências conseguiu a mãe, agenciar a elegante menininha de três anos, que fora na Vogue e Bombom. Uma de São Paulo e outra do Rio: “Ela foi chamada na época, para fazer um catálogo internacional, de roupas”, recordam-se. Sem condições de a levar, a vaga foi cedida para uma menina de São Paulo.

Devido ao destaque conseguido na última aparição, ela foi premiada com um passaporte, que lhe dá direito a cinco eventos, com inscrição free. No entanto, as custas de viagens e estadia correm por conta da modelo, no caso, dela, e mais precisamente, da mãe dela! Por ser menor, há a necessidade nesse momento da companhia da responsável.

O evento, concorridíssimo em Curitiba, reuniu 3.250 crianças.  Das modalidades clicadas, também escolheu canto. Como contralto no Coral Meninas Cantoras da Klabin, isso também veio em boa hora, pois nessa seleção, cantou para eles! Claro que ela (CONFORME INTEGRA ABAIXO) não escapou-se de uma capela para o Oberekando.

Para escolas com direito a bolsa, ela foi escolhida pela Dionny Alves e Hollyhood Film Academy, na categoria Teatro. Há a vertente, neste caso, para se tornar atriz: “Conversando com ela mesmo, a gente quer focar no teatro mesmo, inclusive tentando conciliar os dois teatros”, explicou Ana Maria, “porque ela fazendo teatro já dá um currículo para ela, e até televisão!”. Hoje, conforme informou-se a mãe, ao ter feito teatro, já se abrem as portas da modelo, para a Tv.

Interessados em patrocinar a modelo podem entrar em contato:

  • WHATS APP: (42) 9.9932 – 5872 E INSTAGRAM: @KAROL_DINIZ1

 

LEIA TAMBÉM:

TELÊMACOBORBENSE BRILHOU EM "ALÉM DO HORIZONTE"