ONLINE
17




Partilhe esta Página

A

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

D


DRA. ANA CLÁUDIA FALA DO COMBATE ÀS ENDEMIAS EM TB
DRA. ANA CLÁUDIA FALA DO COMBATE ÀS ENDEMIAS EM TB

Além da Dengue, Zika e Chicungunha, ela fala de outras ações

d

2017-02-23 às 13:09:38) O site Oberekando ouviu na tarde de quarta-feira, a médica veterinária Ana Cláudia Natel Tibúrcio (36), que está à frente da Coordenadoria de Combate à Endemias, ligada à Seção de Vigilância Sanitária. Lindamara Nogueira, que tem essa função, está licenciada, e recebeu elogios por parte de Natel pelo trabalho árduo e profícuo que há tempo vem desenvolvendo na área.

A Dengue, Zika e Chicungunha, que em todo Brasil segundo dados do Ministério da Saúde, em 2016 mataram quase 800 pessoas, é a ênfase de trabalho dela e sua equipe de agentes. No entanto, abre-se, segundo ela, um novo olhar de cuidado, que é com toda a onda de febre amarela, que tem assolado diversos estados brasileiros.  “O Aedes Aegypti pode se contaminar também com a febre amarela silvestre e ser vetor também dela”, alerta.

Telêmaco Borba já tem o Aedes domiciliado, e conforme explicou, o cuidado de todos é não deixar com que esse mosquito se contamine, e estar atento às pessoas que viajem para as cidades que tem alto índice de infestação. É da mesma forma, com aqueles que delas chegam, no entanto, sem esquecer a importância e o direito do ir e vir, do fomento, por exemplo à Telêmaco, proporcionado por pessoas de fora. Outro fato que traz atenção é que “o Aedes pode se manifestar em até 15 dias após a picada”. O caso positivado de Telêmaco é de um cidadão que não viajou!
dd

CARAMUJO AFRICANO

Com maior incidência no calor, o momento é mais ameno do crítico que assolou o ano passado. Voltam a aparecer casos com esse aumento de temperatura, mas nada que lembre 2016. A recomendação de Ana Cláudia é para que, ao se encontrar o caramujo, seja feita a coleta deste, e nunca sem uma proteção que possa ser luva ou sacolinhas plásticas nas mãos, e que, também em sacolinha, isso seja levado até uma unidade básica de saúde (UBS). Nestas, seus profissionais encaminharão a coleta ao setor competente. Sofreram sobremaneira com isso, parte do Jardim Alegre, Área 2 e Vila Osório.

 

OUTRAS FRENTES DE TRABALHO

Também é acionado este setor, para casos em que o esgoto das casas esteja sendo lançado à céu aberto. Existem situações em Telêmaco em que os moradores já contam com o saneamento básico, ainda assim, não observam que há uma legislação a se cumprir. Onde não exista ainda o sistema de esgoto, é obrigação do residente, que seja feita uma fossa. Outra denúncia que se recebe na coordenadoria de Combate à Endemias, é a criação de porco, galinhas e outros do gênero, e cuja prática, afeta vizinhos.

 

ALERTAS

De forma geral, a médica veterinária reforça o cuidado necessário com algumas práticas que, se não efetuadas, possam trazer a proliferação, ou mesmo com situações em que sejam focos de mosquitos transmissores, como trocar a água dada aos cães lavando seus pratos, verificar os banheiros que ficam próximos de churrasqueiras, dando descarga neles ao menos uma vez na semana quando não são muito usados, e aplicando neles algum produto químico. O ato de ser gentil e tendo atitude cidadã quando saciar a sede de cachorros nas ruas e avenidas, requer também a lavagem das vasilhas, para se evitar o mosquito transmissor. A Limpeza de quintais, a colocação de lixos nas horas próximas da programada para as coletas são atitudes que devem, mais que estarem evitando Dengue, Zika e Chicungunha, e agora também a possibilidade de febre amarela, ser automaticamente inseridas em nós, como práticas rotineiras e cidadãs! Na foto, a equipe técnica juntamente com Ana.

d

RECEBA COM RESPEITO AOS AGENTES E NÃO IMPEÇA QUE ELES FAÇAM SEU TRABALHO, “EM PROL DE VOCÊ MESMO!”.

 

 

 

LEIA TAMBÉM

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM SÓCIO TORCEDOR DA AVTB E PARTICIPE DAS VITÓRIAS DO VÔLEI DE TELÊMACO