ONLINE
7




Partilhe esta Página

DFF

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


EDE PUKANSKI AVALIA DESAFIOS NA SAÚDE
EDE PUKANSKI AVALIA DESAFIOS NA SAÚDE

TAMBÉM, UM RAIO X DO SECRETÁRIO NASCIDO EM NATINGUI E QUE VEIO AINDA CRIANÇA PARA TB

 S

2017-01-12 às 13:19:04) O secretário municipal de Saúde de Telêmaco Borba, Edemilson Siqueira Pukanski, 59 anos, é cirurgião dentista, formado pela Universidade Federal do Paraná. Nascido em Natinguí, e vindo para esta cidade quando tinha entre 6 a 7 anos, tem na sua família, um importante histórico também quando através do Clube Aquárius, levou o nome da cidade a todos os rincões do Paraná, pelo Futsal: Paixão do irmão, Edilson (Ovo) e do pai, Amadeu, que é comerciante conhecido e respeitado.

Assim popularmente chamado, Ede Pukanski lembrou que o relacionamento com a imprensa é um importante canal para se dar respostas à população bem como prestar-se conta à ela, além de uma recomendação do prefeito Márcio.

 

ATUAÇÃO POLÍTICA

Na época de sua vida acadêmica, teve atuação no movimento estudantil por enfrentar o período ferrenho da ditadura. Em 82, residiu em Jaguariaíva, mas sentiu a necessidade de voltar à TB, e à ela se colocar à disposição. Foi eleito e reeleito vereador. Também foi candidato à deputado – primeiro federal, e depois estadual. A questão da escolha de um candidato de consenso entre a sociedade civil organizada de Telêmaco, foi também colocada na conversa com Ede, num olhar às próximas eleições, em 2018. No entanto, ele foi conciso, vendo isso hoje num segundo plano, em detrimento da prioridade, que é o foco na administração municipal e a incumbência a que foi designado. Ele já foi vice-prefeito.

 

TER O NOME ESCOLHIDO COMO SECRETÁRIO

Ele confessa que fazia parte das expectativas, ter sido escolhido para o Legislativo, mas assimilou e com respeito, que a população assim não desejou. Também confidenciou que estava quase desistindo da vida pública para se voltar tão somente à odontologia. Ao compor a equipe do atual prefeito para o pleito e por conhecer as necessidades de T.Borba, disse que não poderia se negar a aceitar o cargo. Acrescentou o fato da vida do Dr. Márcio, a favor da Saúde desta cidade, ter sido preponderante para sua decisão.

Pukanski se remeteu à transição, e a facilidade encontrada nesse sentido com o secretário anterior, Cláudio de Souza, que abriu as portas do setor, para um diagnóstico inicial. Das ações, confirmou de que os serviços de atendimentos básicos não podem parar, a exemplo da Upa, programas e UBS´s. “Podemos dizer que esse primeiro momento foi para apagar incêndios!”.  Ele citou também o cumprimento do Plano Municipal de Saúde e acrescentou diretrizes a serem implementadas.

Quanto a cargos comissionados, afirmou primar pela prioridade de quem já tem experiência no setor. Deixar um legado em termos de estrutura do serviço público foi, conforme suas palavras, mais uma das razões para aceitar essa missão. “Problemas existem, existiam, mas não vamos ficar chorando as pitangas”. Foi categórico ao pontuar que caso existam problemas, deixará isso público, mas que não será feito disso, obstáculo para o desenvolvimento de bons serviços.

 

DENGUE, CHIKUNGUNYA E ZIKA: COMBATE COM AJUDA DA POPULAÇÃO

d

“Estamos num momento delicado quanto à dengue, chikungunya e zika. Se querer alarmar a população, mas temos alguns bairros com altos índices de infestação”, comunicou.

O secretário vê o combate como questão simplesmente cultural, ao passo que com a ajuda da população, com ações simples, a exemplo de não acumular água parada e limpeza de seus terrenos e residências, - nesse sentido-, podem ser evitados com prevenção, mortes e sequelas inerentes.

Ele convocou à população, sobretudo para um mutirão que deverá acontecer nos dias 18 a 20 próximos, abrangendo num primeiro momento, os bairros Bom Jesus, Bela Vista e Centro. “É perfeitamente evitável, porque demanda do empenho da população”, disse, em relação ao combate aos focos do mosquito causador da doença. Na oportunidade agradeceu à Secretaria Municipal de Obras e também à Vigilância Sanitária pela parceria nessa ação.

Ao concluir a entrevista, Ede reafirmou que as portas estão sempre abertas à população e também pelos canais de comunicação existentes na municipalidade. Ele elogiou o fato de, na posse, o prefeito ter chamado à população para que exerça seus direitos, mas que respectivamente, também compreenda que isso está anexado ao cumprimento de seus deveres, vendo isso como uma importante e produtiva parceria entre a administração e o povo de Telêmaco.

 

Leia Também:

APOSENTADO GANHA CASA DA ACITEL ELE FOI COMUNICAR À ESPOSA, NA IGREJA, DE QUE ERA O CONTEMPLADO