ONLINE
18




Partilhe esta Página

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Ginástica: Telêmaco é tornado polo Regional
Ginástica: Telêmaco é tornado polo Regional

Além disso a cidade abrirá mais 30 vagas para as escolas, e terá também uma turma masculina

 err

20-04-2015 às 03:12:04) A volta de Curitiba, onde a professora Sandra Buttini vez uma semana de capacitação na sede da Federação Paranaense, foi de malas cheias também de novidades para o Centro de Ginástica Artística que ela coordena em Telêmaco Borba. Juntamente com ela esteve a professora Cléo.

Um dos pedidos da federação é que sejam abertas duas turmas de quinze alunas. Essas crianças tem que ter seis anos que sejam completos em 2015. Para isso estão sendo visitadas as escolas. Já houve a seleção para a escola de talentos, mas um número abaixo de dez novas atletas conseguiu aprovação. “A seleção dessas atletas também levará em consideração os itinerários dos ônibus da Educação”.

ey

O Centro de Telêmaco também está se preparando, para entre os dias 04 e 08 de maio, receber a treinadora de alto rendimento integrada à equipe russa, Caroline Molinari, para uma visita técnica e que trabalhará com meninas a partir dos sete anos. A ginasta Caroline Molinari, na oportunidade, participou dos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004.

Outra fato que credencia tanto Buttini, como Telêmaco Borba, é a situação do município como cidade satélite, ou polo regional de Ginástica artística. “Este trabalho é meta a ser atingida até o fim desse ano, com visitas às prefeituras dessas cidades, e temos aqui em Telêmaco, a obrigação de dar estrutura”. “Também ao lado da Ginástica rítmica, em termos de Brasil, o Paraná detém o maior número de medalhas. Entre os clubes que participaram das etapas do mundial, o Paraná teve sete atletas”. Isso explica o porque do empenho no crescimento da modalidade.  Para se ter a força da continuidade do projeto da Ginástica, e com o patrocinador de suma importância que é a Klabin, é fundamental da continuidade dos polos, que além de Telêmaco também são Francisco Beltrão, Jacarezinho, Toledo. Cascavel, Ribeirão do Pinhal, Pitanga e Curitiba.

Outro pedido da Federação e que foi um desejo de Roberto Klabin, foi a implantação, ainda este ano, da escolinha masculina, com atletas de sete anos, cuja pretensão é que no ano qye vem, esses já participem de campeonatos. “Hoje o masculino está muito evidenciado, em função de Arthur Zanetti , que foi medalhista de ouro nas últimas olimpíadas!”, lembrou Sandra.

rtr

No curso de capacitação foi lançado também o novo uniforme da Ginástica Artística, que Telêmaco estreará em breve. Ao tocar no assunto, Sandra mais uma vez agradeceu ao Lions, que ofertou 30 colants às ginastas de Telêmaco.

r sd

 

Leia Também:

GINÁSTICA ARTÍSTICA:TELÊMACO BRILHA DENTRO DE CASA