ONLINE
8




Partilhe esta Página

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


GUARDA MIRIM MUDA HISTÓRIAS EM SAPOPEMA
GUARDA MIRIM MUDA HISTÓRIAS EM SAPOPEMA

Após apresentação na fanfarra no desfile, pedidos de inscrições dispararam

d

2017-10-13 às 10:42:20) Na última quarta-feira o site Oberekando esteve em Sapopema aonde uma entrevista especial traz o sucesso que vem tendo o projeto da Guarda-Mirim (GM) que está ligado à Secretaria Municipal de Assistência Social. Na ocasião, além deste enfoque, também foram conhecidos diversas ações realizadas pela Assistência Social bem como pela Cultura do Município. Foi unânime por parte de todos, a citação do apoio recebido do prefeito municipal, Gimerson de Jesus Subtil, bem como por ele o incentivo para que mais e mais os objetivos sejam alcançados.

Na conversa participaram Cláudio Edison da Costa, chefe de Gabinete da Prefeitura de Sapopema; Leila de Fátima Luz, secretária de Assistência Social; Roberto Brito Abrão (Betinho), diretor municipal de Cultura; Silvana Maria Rocha Calixto, diretora de Projetos da Secretaria de Assistência Social; Cláudia Alessandra Moro da Costa, que é a comandante da GM, e Maycon Ferreira Rocha, responsável pela Fanfarra e Banda, nela existente.

Cláudio iniciou a entrevista agradecendo em nome do prefeito, o esforço dos secretários por esse projeto que está sendo executado no município, “que era um grande sonho, e hoje é uma realidade”, referindo-se à Guarda Mirim e à Fanfarra a ela ligada, sob a responsabilidade de Leila. A gratidão à Klabin foi expressa, pois segundo ele, não fosse ela ter disponibilizado os recursos, “o município não teria como ter adquirido os instrumentos para que a fanfarra fosse o sucesso, como está sendo no momento”.

“Como o Cláudio disse, nosso projeto foi um sonho, mas teve um mérito muito grande quando a nossa secretária (Leila) deu importância para isso e reconheceu que a gente teria capacidade de continuar adiante. Quando iniciou, não teve uma repercussão muito boa, mas graças à Deus deu tudo certo e se cumpriu com o objetivo de tirar as crianças das ruas, melhorar as questões comportamental, disciplinar e na evolução deles (componentes)”, falou Cláudia, que comanda a Guarda Mirim.

Por sua vez, a secretária de Assistência Social, que gerencia todo esse trabalho, explicou a prioridade ao atendimento aos referenciados, que são os inclusos no cadastro único, e aqueles que recebem o Bolsa Família: “Na verdade são os casos prioritários”, explicando que estão sendo feitas a inclusão dessas pessoas novamente à sociedade, com uma interação também entre cidade e periferia. Leila reforço que a guarda tem como função “formar cidadãos que constroem sua própria história e que são capazes de se interagir com quaisquer outras situações, e que não se sintam excluídos. Fazer com que essas pessoas sejam sujeitos da sua própria história e que tenham acesso à muitas coisas que são negadas”. A parceria com a Cultura em diversos projetos foi citada. Também ao trabalho de Maycon, ela elogiou a mudança que ele conseguiu no comportamento dos alunos, com a fanfarra.

Maycon, natural de São Sebastião da Amoreira, disse que com apenas um mês de funcionamento, o trabalho começou a fluir bastante em Sapopema. Comentou que o desfile da cidade foi sua primeira incumbência anunciada, logo ao ser contratado. Quanto à sua história na música, começou com dez anos, ao entrar num projeto de sua cidade, quando cursava o primário.

Na coordenação dos projetos, sendo um apoio à Leila, Silvana acaba auxiliando Cláudia. “Quando fui convidada para esse trabalho, vi um desafio muito grande para mim, e confesso que fiquei com bastante medo, mas a gente está tentando resgatar todos os projetos sociais, tanto da Guarda Mirim como outros que estamos trabalhando, para desenvolver um cidadão melhor”.  O resgate social, especialmente das crianças, foi lembrado por ela, que repassou um dado: “Depois do desfile as inscrições para a Guarda aumentaram enormemente e a gente já está com 82 alunos”. Continuou: “A gente está extremamente feliz. Com esses instrumentos que a Klabin deu pra gente, que foram maravilhosos”, ventilando que poderá ser montada uma banda, em detrimento da fanfarra hoje existente, além de informar a apresentação em outro município, onde no aniversário de Curiúva, já estão convidados.

Ao usar da palavra, Betinho agradeceu Josiane Luque de Oliveira, que é secretária de Educação e Cultura, que o deu a oportunidade de estar à frente da Cultura: “A gente faz uma integração com as outras secretarias, que é resgatar essas crianças. Dar oportunidades à essas crianças. E através desse projeto da Guarda Mirim, o incentivo é maior. Já existia o projeto! Graças à Deus a gente conseguiu. A gente teve o recurso da Klabin. Quero agradecer imensamente a Klabin”, elogiando a qualidade dos instrumentos adquiridos, bem como o instrutor da Fanfarra. Os demais projetos de sua área foram citados.

d

Ao final da entrevista, a secretária de Assistência Social teceu agradecimentos ao prefeito Gimerson, por ter acreditado e incentivado o projeto e que fosse dado continuidade, bem como à Claudio, que na chefia de Gabinete, sempre deu apoio, e aos demais que participaram da conversa, lembrando que o trabalho feito está possibilitando uma mudança significativa na vida de muita gente. Foi unânime os agradecimentos de todos ao chefe do Poder Executivo. Cláudia, além disso, exaltou a confiança que recebe dos pais dos alunos, os agradecendo, bem como aos próprios guardas-mirins, razão da existência desse projeto.