ONLINE
7




Partilhe esta Página

DFF

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


IURI E IGOR:REVELAÇÕES DE TELÊMACO NO PARANÁ CLUBE
IURI E IGOR:REVELAÇÕES DE TELÊMACO NO PARANÁ CLUBE

Talento em dose dupla deixa pais orgulhosos

hd

08-01-2015 às 23:20:29) Dois atletas de Telêmaco Borba estão se tornando sensação nas categorias de base do Paraná Clube. Trata-se de Iuri Gustavo Magalhães, de apenas 10 anos, e Igor Augusto Magalhães Lima, de 12. Ambos, prestes a mudarem idade, 11 e 13, respectivamente. Iuri, na posição de goleiro, iniciou em 2013, e compõem hoje a categoria Sub11. Já, o irmão mais velho está na Sub13, atua como zagueiro e desde 2014. Iuri treina nas segundas, quartas e sextas-feiras futsal, e nos demais, campo. Já, seu irmão, três vezes por semana no campo. Durante os fins de semana acontecem às competições.

O perfil de ambos é de craque, mas o talento de se expressar ficou ao mais novo. Igor é tímido, mas não com a bola nos pés. Residindo em Curitiba em função do esporte, o início foi no Aquarius, equipe por quem demostram gratidão.  A descoberta de Iuri, inclusive se deu, justamente num amistoso entre o Aquarius e o Paraná Clube. “Ele agarrou tudo”, lembrou seu pai, Sidnei Lima (52). Foi daí que partiu o convite para disputar a Taça Paraná pela equipe em que, um ano depois; faria parte.

Quando perguntado sobre o que é defender o Paraná, disse que as condições são bem melhores (num paralelo entre interior e capital), além de ser uma equipe mais exigente e também pela qualidade dos torneios.

fdg

 

Destaque

A atuação do goleiro no Paraná Clube tem rendido. Ele este fim de semana recebe em Curitiba, premiação como goleiro menos vazado na Sub 11 Prata, além de ver seu time campeão, na modalidade salão, no Torneio Metropolitano, na capital do Estado. Justamente por essa premiação em Curitiba é que ele não pode compor a equipe marialvense que lhe convidou para juntar-se aos irmãos Luís Henrique e Luís Felipe, além de Luan Betim e Lyon Kaue, que disputam o Brazil Cup  2015 International Soccer Tournament em Poços de Caldas, cujo primeiro jogo se deu hoje com empate frente ao Flamengo em 1 a 1. Ele tem também um outro importante compromisso o mês que vem, quando viajará a Porto Alegre, e ficará em observação por uma semana, após ter sido encontrado por um olheiro. “Em fevereiro o levarei”, diz orgulhoso o pai.

 

Talento impregnado no DNA

 aerwe

Ian Gustavo Magalhães, de 7 anos, é o xodó dos primos craques!

Os pais, proprietários da Rosita Noivas e Planejamento de Eventos, têm em seus respectivos históricos a razão do brilho dos filhos. Sidnei confessa que quando criança sempre quis e sonhava ser jogador de futebol, mas sua situação financeira não favorecia e a prioridade era trabalhar para ajudar aos seus pais. A mãe, Luciana Magalhães (43), cujo próprio Sidnei (esposo) admite que os filhos têm a genética dela, foi jogadora da seleção paranaense de vôlei, na época ainda do Pinheiros, antes de sua fusão ao lado do Colorado, que fez surgir o Paraná Clube. “Em 1987 e 88 eu fui jogar pro Pinheiros e na mesma quadra que o Iuri treina hoje”, disse emotiva.  Uma história onde o mesmo local volta a receber essa família 28 anos depois. Um laço de gerações! Quanto aos filhos, a mãe lembra que desde criança, eles já chutavam tudo que viam pela frente. O pai disse que é uma grande emoção tudo que está vivendo com os atletas de sua casa. 

 

Leia Também:

ATLETAS DE TELÊMACO DISPUTAM TORNEIO INTERNACIONAL