ONLINE
16




Partilhe esta PŠgina

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

D

S

C

S

S

S  

D

 

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


Japa fala dos dois meses em Trinidad Tobago
Japa fala dos dois meses em Trinidad Tobago

FUTEBOL DO CAMPO FEMININO: Recém-entrada na modalidade, ela disputou a primeira Liga oficial do Caribe pelo Foz Catarata

G

2015-09-12 às 18:52:51) A atleta telêmacoborbense Bruna Larissa da Silva, de 18 anos, mais conhecida como Japa, contou ao Oberekando, em uma entrevista exclusiva, sobre sua experiência em terras caribenhas. Ela teve o privilégio, de excursionando com o Foz Cataratas, em sua nova modalidade após tanto brilhar pelo Futsal em Telêmaco, atuar nos gramados e na primeira liga oficial da modalidade, realizada na paradisíaca Trinidad Tobago.

As diferenças de idioma, para efeito de fazer amizades com as atletas e novas amigas da Inglaterra, Estados Unidos, da própria Trinidad e outras nações lá presentes nos dois meses, não foram empecilho. “Gosto muito de me envolver, de brincar, e conversar. Com elas eu fui aprendendo. Quando queriam conversar, ensinavam a gente!” Porém, esse acabou sendo também de grande aprendizado: “Eu não vou mentir. Quando eu entrava na sala de aula de inglês aqui no colégio, as vezes pensava porque tanto esforço se nunca vou usar! Mas a gente nunca sabe o dia de amanhã”. Esse “dia de amanhã”, que veio de forma prematura e feliz para Japa a trouxe um novo foco: recuperar-se de uma lesão, aprender bem inglês e jogar bem! Na verdade: continuar jogando bem, porque seu gabarito é conhecido.

As várias habilidades de Bruna, como no skate, e também no violão, e até como compositora já de 16 canções próprias, uniu-se à sua simpatia, e ela tirou de letra, e agarrou esta oportunidade. Convites até mesmo para jogar nos Estados Unidos existem. Foco e esforço são seus objetivos neste período de recuperação. Isso, unida a torcida dos telêmacoborbenses, aos quais Japa deu muitas alegrias, quando das várias conquistas por Telêmaco Borba, especialmente o Vice-brasileiro dos Jogos da Juventude, disputando pela Presidente Vargas, que ganhou o direito de disputar essa competição, por ter sido campeã dos Jogos Escolares do Paraná, no Futsal Feminino.

 

Assista a entrevista na integra:

 

 

Leia Também:

ESTA É A MINHA OPINIÃO