ONLINE
9




Partilhe esta Página

sr

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


MAURÍCIO: DO MARANHÃO, BRILHA NA AVTB
MAURÍCIO: DO MARANHÃO, BRILHA NA AVTB

Com idade maior entre os amigos, exerce também por isso, importante liderança

 F

2017-03-25 às 17:34:58)  O atleta com maior idade da Associação de Vôlei de Telêmaco Borba, 23 anos, começou a essa prática aos sete anos. Antes fazia Judô. Natação também fez! O que chamou atenção de Maurício Rêgo foi ver a atuação da irmã Maria Luíza, que chegou à Seleção Maranhense de Voleibol. Hoje é professora mestre em Enfermagem, no eixo Brasília x São Luiz.

A vinda de Maurício foi por influência dos conterrâneos Gabriel Henrique e Juan, que já estavam em Telêmaco. “Eu pedi uma ajuda pra eles, que me indicaram! Eu mandei vídeos” e que foram vistos por Aldori, que é o coordenador e técnico da agremiação. “Abdiquei de muitas coisas, como por exemplo a faculdade, que era meu último período de Administração” tendo trancado o curso. Ele confessa que a mãe reagiu bem porque sabia que esse era o sonho dele. Mas ao pai, houve a questão que ambos são bem apegados: Nelson e Teodolina!

A pedido do Oberekando, falou àqueles que estejam na indecisão de sair ou não de casa, claro, após amplo diálogo com os pais, seja quando aparece uma chance, ou atrás desta, como foi seu caso quanto ao vôlei: “Uma amiga minha me disse uma vez, que se tiver com medo, vai com medo mesmo, pra correr atrás dos sonhos, porque sempre vai ter a coisa do arrependimento. Eu passei por isso no começo, porque já tinha desistido do vôlei, só que eu consegui voltar!” Outra dica é que os pais acreditem nos filhos. “O apoio dos pais sempre é essencial!”, epigrafa.

Cidade natal, Imperatriz, no Maranhão, fica de 10 a 11 horas de carro da primeira praia do caminho, que é São Luiz. No trabalho social encampado pela Associação, ele dá treino no Centro de Convivência do Adolescente nas quartas, de manhã e tarde. “- Dá pra ver que eles gostam bastante do vôlei e que não é só aquela coisa do País do futebol, sabe?”.

Outro fato conversado e visto como um ‘agregar a todos’, foi na “Família AVTB” – grupo do WhatsApp, exclusivo dos atletas, que teve recentemente, também a inclusão dos seus respectivos pais.

Em uma mensagem conclusiva da entrevista, aos pais, citou estar com muitas saudades deles, mas manda, confiante o seguinte recado: “Eu vou conseguir os meus sonhos!”. Falou com carinho de Telêmaco e também do técnico Aldori, considerado por Mauricio como mais que técnico, exercendo também um papel de pai. “Ele cobra muito e assim é que tem que fazer. Briga dentro de quadra e fora dela nunca leva nada! Fora de quadra é um amigo e é muito bom ver isso num técnico”. Quanto aos amigos do Maranhão, disse gostar muito deles: “A gente tem um laço muito forte”.  

 

LEIA TAMBÉM

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM SÓCIO TORCEDOR DA AVTB E PARTICIPE DAS VITÓRIAS DO VÔLEI DE TELÊMACO