ONLINE
8




Partilhe esta Página

sr

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


PASTOR VALDIR SILVA PRESIDE O CONSELHO DE PASTORES
PASTOR VALDIR SILVA PRESIDE O CONSELHO DE PASTORES

Ele é pastor-presidente da Igreja Presbiteriana Renovada de Telêmaco Borba

 d

2017-08-07 às 23:12:34) O pastor Valdir Silva, da Igreja Presbiteriana Renovada, nasceu no hospital de Jandaia do Sul em 15 de fevereiro de 1968, mas porque na época, era mais próximo de Cambira, cidade de seus pais. Em uma recente reunião em Maringá, almoçou em Cambira e reviu amigos de longa data. Entrevistado do site Oberekando nesta tarde de segunda-feira, é de uma família Presbiteriana.

 

FILHO DA PROMESSA E PROVA DE MILAGRE

Quando tinha 4 anos, teve meningite bacteriana e desenganado do médico, sua mãe numa prece fervorosa, entregou-o nas mãos do Senhor, mas não pra levá-lo, mas para que ele pudesse fazer a sua missão aqui na terra. E no dia seguinte, seus pais, ao atenderem o pedido do médico foram ao hospital, mas já imaginando que seria para ter a pior notícia. Ao chegarem, “havia um reboliço lá, porque eu já estava no chão, brincando com outra criança, e da água pro vinho houve uma alteração, uma mudança muito grande e eu havia sido completamente curado, sem ficar com nenhuma sequela, sem nenhum problema. E isso foi para minha mãe uma resposta de Deus contundente de que meu ministério começava com um milagre”. Com seis anos aprendeu a ler e gostava de pronunciar passagens da Bíblia. Em 1986, foi para o seminário, onde fez a faculdade teológica em Cianorte, quando a família já morava em Apucarana. Saiu de Cambira com 12 anos.

No pastorado, iniciou em Jaguapitã, em 1991. Passou alguns anos em Santa Cecília do Pavão, continuando por vários outros sua missão como pastor em Campo Grande (MS), chegando em 2002 à Telêmaco Borba.

 

UNIÃO DO POVO CRISTÃO E QUEBRA DE ESTIGMAS

Relembrando um passado distante onde havia de certa forma, resistências quando se viam relacionamentos de amizades entre católicos e evangélicos, ao ver a realidade de hoje onde os líderes das igrejas cristãs se dialogam sempre que necessário em planos que tragam o melhor para a comunidade, o pastor vê como importante, porque lembra ele que somos moradores de um mesmo planeta, do mesmo País, do mesmo Estado e da mesma cidade, e a fé é comum a todos. “A bíblia diz em Efésios 2,8 que a salvação é pela graça, por meio da fé, e desde que nós comunguemos dessa fé – um de uma forma, e outro de outra – nós temos muito mesmo o que compartilharmos um com o outro”.

Ele vê a igreja como uma entidade deixada por Deus aqui na terra, que ajudam os pais a conduzirem seus filhos e que se todas as pessoas estivessem dentro das igrejas, nós teríamos uma sociedade bem melhor do que temos tido, “porque as pessoas seriam regidas por princípios espirituais”.

 

REFLEXÃO: “SER PRESENTE”, MAS DE CORPO E ALMA

“Somos viajantes aqui nesta terra, e como viajantes, precisamos depender um dos outros”, e essa dependência, disse ele, faz com que nos aproximemos, e compartilhemos um com o outro e chegará um momento em que isso já não existirá mais, e terá passado: “No presente, nós precisamos dar flores durante a vida, porque no túmulo, essas flores vão chegar, mas elas vão chegar muito tarde”. Nesse sentido, e ao se falar de relacionamento, ele lembra que também temos que perdoar, e convida a todos exercitar isso no seu cotidiano, porque ao deixá-lo para amanhã, isso poderá ser muito tarde.

O pastor lembrou, após contar uma bela história de uma criança, de que “temos as nossas religiões, praticamos a nossa religião, adoramos o nosso Deus, porém, nós precisamos de gente do nosso lado”. Outra lembrança dele foi de que “arrependimento leva à conversão e remorso leva ao desespero”, quando citado de que temos que viver em retidão, em detrimento de desrespeito e rebeldia, por exemplo.

Também frisou Valdir de que todas as amizades são importantes, porém, o essencial é lembrar de ter a amizade com o verdadeiro amigo “celestial”. “E se nós tivermos cheios de amigos por todos os lados e nos despreocuparmos da amizade com Ele?” Hoje existem igrejas abertas em todos os lugares “que estão ali para ajudar pessoas a descobrirem essa amizade com Deus! Essa amizade com Jesus, e nós não podemos fazer vistas grossas a isso. Temos que aproveitar a oportunidade!”.

 

CONSELHO DE PASTORES: PRESIDÊNCIA PELA SEXTA VEZ

Já pela sexta vez que tem a incumbência da presidência, destes 15 anos que vive em Telêmaco. A cidade tem essa instituição desde 1972, ou seja, completa em 2017, 45 anos de existência. Ela visa promover a união dos pastores da Capital do Papel, tanto de igrejas locais como denominacionais, agregando-os num espírito fraternal”. Todos os meses acontece o Café do Conselho de Pastores, que é feito de forma itinerante entre as igrejas, e é um momento de se colocar a pauta em dia.

 

MARCHA PARA JESUS: 28 DE OUTUBRO

DATAS DO ANO: No Dia da Pátria se costuma fazer um ajuntamento de todas as igrejas. Há destaque também para o Dia da Reforma Protestante, Dia da Bíblia, e tem-se a Marcha Para Jesus.

Essa Marcha surgiu há 30 anos atrás na Inglaterra, e cinco anos depois estava no Brasil e dez anos depois, veio pra Curitiba. Em Telêmaco, elas são feitas de forma alternada: Sendo a primeira em 2006, contou com aproximadamente mil e quinhentas pessoas. “A Marcha para Jesus visa unir todo mundo, tirando-os de suas quatro paredes para proclamar o nome de Jesus lá na via pública! Lá na rua! Lá no meio do povo!”. Com faixas, bandanas, e bandeiras, a Marcha terá por intuito proclamar o nome do Senhor Jesus: No dia 28 de outubro. Uma carreta com trio elétrico já está agendada, também uma outra que será usada como palco para o final do evento. Mara Lima já é uma atração de louvor.

 

UMA FAMÍLIA DE PASTORES

s

Na família de três filhos homens, todos são pastores. Além de Valdir em Telêmaco, estão seus irmãos pastoreando em Florianópolis e Londrina. A irmandade se completa com uma mulher. Na Rua Costa Rica, o templo que esse ano neste local, completa 2 anos, se localiza atrás do Posto Guapo, no Alto Socomin. Todas as terças, sábados e domingos, e sempre às 19:30, atividades na igreja. Sendo terça-feira: Culto de Oração. Sábado: Academia Bíblica. Domingo: Celebração da Família.

Valdir, casado há 26 com Elda Guides, fez questão de registrar a importância dela para o bom andar de seu ministério. A incluindo, bem como a netinha Jovana, ele assim finalizou a entrevista, sucedida de uma oração: “Meus três filhos são uma grande bênção de Deus na vida do meu ministério!”, referindo-se à Haynner William, Matheus William, e Julianne Guides.

 

 

LEIA TAMBÉM

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM SÓCIO TORCEDOR DA AVTB E PARTICIPE DAS VITÓRIAS DO VÔLEI DE TELÊMACO