ONLINE
11




Partilhe esta Página

D

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Projeto Puma valoriza mão de obra local
Projeto Puma valoriza mão de obra local

84% dos trabalhadores que estão construindo a nova fábrica da Klabin são do Paraná

oty

 

Ortigueira

A Klabin assumiu o compromisso de capacitar e ofertar trabalho para a mão de obra local e os resultados positivos têm sido alcançados. Atualmente, 84% das cerca de 3.000 pessoas que trabalham na construção da nova fábrica de Ortigueira, o Projeto Puma, são do Paraná. Do total de trabalhadores, 60% são de Ortigueira, Telêmaco Borba e Imbaú. No auge da construção (previsto para ocorrer em agosto de 2015), cerca de 8,5 mil pessoas estarão trabalhando no canteiro de obras. Quando estiver em operação, a nova unidade terá 1,4 mil postos de trabalho entre os setores fabril e florestal.

Para possibilitar o emprego de quem não tem qualificação, estão sendo realizadas diversas parcerias com instituições como o Senai, Senac e Fateb. Desde abril de 2013, 600 alunos de Imbaú, Ortigueira e Telêmaco Borba formaram-se em cursos oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Miguel Castilho, da área de Gente & Gestão do Projeto Puma, informa onde os trabalhadores podem buscar cursos de capacitação. “Para quem não tem qualificação, há diversos cursos de curta duração para pedreiros, armadores de ferragem, carpinteiros, que são ministrados pelo Senai. Outros são realizados por meio do Senac, como auxiliar de cozinha, arrumadeiras, vigias”, observa. “Então, quem não tem a qualificação pode procurar os cursos na Secretaria de Ação Social ou na Agência do Trabalhador do seu município.”

Para trabalhar nas obras do Projeto, os interessados devem também ir à Agência do Trabalhador do seu município e se cadastrar para as vagas abertas ou para aquelas que serão abertas nos próximos meses.  Na Agência do Trabalhador, o candidato vai receber toda a orientação para o preenchimento do cadastro. É importante levar documentos pessoais como carteira de trabalho, RG e CPF. Quando vagas são abertas, os candidatos que estiverem dentro do perfil são encaminhados às empresas contratantes para participar dos processos de seleção.

“Oportunidade única” - Um grupo de 304 alunos de Telêmaco Borba, Ortigueira, Imbaú e região está tendo aulas em período integral no Curso Técnico em Celulose e Papel oferecido gratuitamente pela Klabin em parceria com a Faculdade de Telêmaco Borba (Fateb). O curso deve durar aproximadamente 10 meses e formará trabalhadores para a fase de operação da nova fábrica da Klabin.

O teste de seleção teve mais de 1,2 mil inscritos. Makely Tonetto, 24 anos, é casada há dois anos com Andrew Montagnana, 23 anos, e os dois foram aprovados. Atualmente eles assistem às aulas em busca de uma nova oportunidade em suas carreiras. Ela é natural de Telêmaco Borba, vivia no município, mas foi morar em São Paulo com o marido. Quando souberam do Projeto Puma decidiram voltar.