ONLINE
10




Partilhe esta Página

s

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Secretária de Educação do Estado recebe Undime-PR
Secretária de Educação do Estado recebe Undime-PR

O telêmacoborbense Celso Augusto de Souza é o presidente da entidade

FONTE: PMTB

d

21-07-2015 às 09:11:17) Na tarde de 9 de julho, a secretária de estado da Educação do Paraná Ana Seres recebeu a diretoria da UNDIME/PR para uma audiência. Entre os assuntos em pauta o transporte escolar da rede estadual, que devido à greve da rede estadual e do novo calendário proposto, têm gerado grandes dificuldades aos municípios do estado em executar o transporte. Embora o governo estadual tenha anunciado parcelas adicionais de recursos, o montante pode não ser suficiente para fazer frente aos gastos adicionais previstos pelo aumento do transporte. A Secretária afirmou que os valores adicionais deste ano serão repassados ainda neste exercício.

A preocupação dos Secretários Municipais é de que caso as parcelas adicionais anunciadas efetivem-se apenas em 2016, não haverá orçamento disponível este ano para cobrir as despesas, pois não foram previstos no Orçamento Anual.

Isto poderá desdobrar em indisponibilidade do serviço por falta de recursos. A situação se agrava nos municípios em que o serviço é terceirizado, pois é preciso justificar-se eventuais aditivos contratuais. Aproveitando a oportunidade, a UNDIME/PR solicitou a atualização dos repasses do programa PETE (Programa Estadual do Transporte Escolar) de forma a cobrir os gastos com transporte assumidos pelos municípios.

A conquista do corte etário para matrícula em 31 de março, aprovada no Plano Estadual de Educação foi recebido com comemoração, resultado de ação direta da UNDIME/PR, com contribuições do Conselho Estadual de Educação e Superintendência da SEED-PR.

Outra notícia anunciada pela Secretária Ana Seres é a proposta de parceria com a UNDIME/PR, em ação conjunta de formação continuada entre os profissionais da educação das redes municipais e da rede estadual. O objetivo é preparar a transição do ensino fundamental anos iniciais, de competência dos municípios, para o ensino fundamental anos finais, de responsabilidade do estado. Assim os alunos seriam acolhidos na rede estadual sem grandes dificuldades de adaptação, geradas pela forma diferente de trabalho (vários professores), novo espaço e passando de veteranos novatos neste novo ambiente. Aos municípios que entenderem possível, esta parceria poderá inclusive começar já este ano, segundo a secretária. Ficou claro também que a proposta é de adesão voluntária por parte dos municípios.

 

Leia Também:

ESTA É A MINHA OPINIÃO