ONLINE
15




Partilhe esta Página

A

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

S


SECRETÁRIO DE OBRAS, RUBENS FALOU AO OBEREKANDO
SECRETÁRIO DE OBRAS, RUBENS FALOU AO OBEREKANDO

Planos, ações imediatas, concha acústica, praças, mudanças viárias e relacionamento com a Klabin foram abordados

s

2017-02-14 às 15:43:01) O secretário de Obras e Planejamento da Prefeitura de Telêmaco Borba, engenheiro formado pela Universidade Federal do Paraná, Rubens Quintiliano, falou ao site Oberekando, na manhã desta terça-feira.

 

VENDO A CIDADE NASCER

Nascido em 13 de dezembro de 1947, e tendo vindo seu pai, de Tibagi, a residir na ainda Cidade Nova em 1966, nosso entrevistado três anos antes já foi a Curitiba, após terminar o ginásio, para lá estudar. Ele lembrou que praticamente viu a cidade nascer. Ao retornar, de 1969 a 75, foi engenheiro na CR Almeida onde se tornou o engenheiro residente da obra de 5 quilômetros de viadutos da Ferrovia Central do Paraná, na Serra do Cadeado, aos 25 anos, tendo 1200 homens sob sua responsabilidade. Ainda em 75, sua estreia no serviço público, quando a convite do vice-prefeito de Telêmaco, Francisco Maria Quadrado (Tito Quadrado), sendo prefeito Dr. Dinizar, foi de maio a dezembro, diretor de obras. Na época ainda não existia a secretaria. Depois disso, a atuação foi na iniciativa privada e nos três últimos anos, era o coordenador de projetos sociais do Projeto Puma, na Klabin.

Das lembranças de pai e filho, Rubens lembra que com um “jipinho”, sendo seu pai da Receita Federal, vinham de Tibagi até Monte Alegre para recolher impostos e voltavam com as bolsas cheias de dinheiro. “Aquilo tudo era embalado nos Correios e enviado ao Tesouro Nacional”.

Ele que completa Bodas de Ouro de união matrimonial com a professora Jane neste ano, é fundador do MFC (Movimento Familiar Cristão) juntamente com o já falecido Benedito Aleixo (Vinsa), tem em sua atuação no âmbito voluntário e social, diversas frentes, sendo uma delas, na implantação, na época em apenas duas cidades do Paraná – Telêmaco e Cornélio Procópio – do projeto do Crea, Casa Fácil, quando com o presidente desse órgão na época, o amigo Ivo Mendes Lima, tem sua assinatura em mais de 3 mil projetos (plantas de casa) e feitos gratuitamente. Ele fazia muito isso também para as igrejas.

Atender a todos ao mesmo tempo é tarefa impossível, mas com esse intuito, enumerou prioridades. O recape asfáltico do bairro Cem Casas, caso as condições de tempo permitam, deverá ser concluído em três semanas. Ele pediu a compreensão de todos quanto a coleta de lixo, informando que de cinco caminhões, tem hoje três em funcionamento, mas que com licitação em regime emergencial, deverá alugar mais dois, até que se decida por uma solução ou mesmo a terceirização: Isso até dezembro. A coleta de reciclável também está sendo afetada.

 

CONCHA ACÚSTICA

Citando que essa é uma área nobre da cidade, em tom de interrogação, indaga porque a administração continuar a pagar quase 300 mil reais de aluguel para acomodar setores públicos. Dos projetos nas redondezas, onde também se programa um amplo estacionamento, deverá haver um local para transição de ônibus, ao invés, de ainda, um terminal urbano. Onde ficam as barracas de vendedores no estacionamento na rodoviária, uma conversação com eles deve os levar para a parte superior interna da própria. A então área servirá como dois espaços para circular, evitando a catástrofe hoje que se dá, perto das 18 horas, nas proximidades do semáforo que dá acesso ao Socomin e ao viaduto.

 

ARBORIZAÇÃO E PRAÇAS

Quintiliano lembrou que a arborização de Telêmaco é deficitária, e que, as árvores que existem, foram plantadas ainda em 1975 por ele e Cuca. “Isso tem 42 anos! Talvez tenhamos plantado o tipo de árvore errado, mas era o que tínhamos na época!”. Quanto à praças, disse também que há uma disparidade na existência delas na cidade. Naquilo que chamou de TB velha, a existente a mais tempo, são oito delas. Já nos loteamentos, onde não houve a preocupação com áreas de verde, apenas duas: Jardim Alegre e Área 2.

PRAÇA DOS PINHEIROS: Um programa de recuperação de todas as praças está definido e o trabalho teve início na Praça dos Pinheiros: O alargamento da pista de caminhada num primeiro momento se estenderá até a Escola Leopoldo Mercer. As podas, das arvores, sendo elevadas, deixarão o local mais iluminado, além de uma troca da própria iluminação, bem como elevação da travessia de rua ali existente. Implantação, conforme já contatado com o Batalhão militar, de um posto policial, e uma ciclovia compartilhada com trânsito de ciclistas e veículos das 08 às 18 e após, apenas ciclistas, são outras iniciativas.    

 

MUDANÇA DE MÃOS, FECHAMENTO DE CANTEIROS E PERMANÊNCIA DO TRAJETO DE CIRCULAR 

Um pedido à população feito pelo secretário, é que tenham paciência para as mudanças que deverão ocorrer nesse período em diversos locais da cidade no que diz respeito à trânsito. Presidente da Comissão de Trânsito que é, vê por exemplo, a importância da pavimentação das ruas feitas no Socomin, mas que deverão ter readequadas as faixas de estacionamento, para apenas uma, e não nas duas mãos como hoje é. Desafogar a Marechal é o principal objetivo. “Louvável o que fizeram, mas podemos melhorar e corrigir? Podemos sim!”.

Mexer no trajeto da circular (transporte coletivo urbano) por enquanto, pelo menos até que haja a conclusão do estudo de mobilidade que está sendo feito pelos técnicos da UFPR, não se cogita. “Pretendo até o final desse ano, revolucionar o centro de Telêmaco Borba. Muitos vão me elogiar, e muitos vão me criticar”, assim entende ele.

 

KLABIN EM FAVOR DE TB

Um bom espaço da parte final da entrevista abaixo, relacionou-se a parceria da Klabin com o município. O fato de ser a progenitora da cidade que se nasceu, Telêmaco Borba, dá a ela, assim como bônus, também ônus. Rubens disse que a empresa, onde ele estava antes de ser convidado por Dr. Márcio para essa incumbência, tem atendido a eles. Cascalho por exemplo, foi uma cessão recente dela, principalmente para a Vila Rural e periferia. 4 mil metros nesse pequeno período. Ele informou que na quinta-feira haverá uma reunião com a papeleira e que, mesmo antes, ainda enquanto estava na Klabin, pautas já haviam sido alinhavadas, e agora, essas devem ser colocadas em prática.

 

LEIA TAMBÉM

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM SÓCIO TORCEDOR DA AVTB E PARTICIPE DAS VITÓRIAS DO VÔLEI DE TELÊMACO