ONLINE
9




Partilhe esta Página

ACITEL

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


TB: Comissão vai discutir segurança
TB: Comissão vai discutir segurança

Na presidência, vereador Carlão reuniu as autoridades na área e lideranças

fw

02-04-2015 às 00:21:31) Atendendo a um convite do presidente da Comissão de Educação, Cultura, Bem Estar Social e Ecologia da Câmara Municipal de Telêmaco Borba, Carlos Roberto Ramos, o locutor Carlão, foi feita uma reunião com as principais lideranças da área de segurança do município, com a participação do juizado e promotoria, bem como das Polícias Civil e Militar, Conseg, lideranças religiosas, sindicais, Conselho Tutelar, Klabin, Acitel, e vereadores. Dois pontos de suma importância nesse encontro, cuja matéria do OBEREKANDO se desdobrará em mais duas sessões, foi à colocação por parte do assessor de comunicação da Klabin, Wilson Paiva, do envolvimento da empresa com a questão segurança, mas no sentido de estar a serviço da comunidade, setor onde a empresa desde sua fundação, tem se interessado e investido e que já na fundação do município, auxiliou na implantação das polícias e corpo de bombeiros.

Segundo depoimentos quase que unânimes, é vital e visível o apoio que a empresa vem dando a essa questão dentro do município. Por vezes comentado, a vinda de muitos trabalhadores de todas as regiões do Brasil pode ter até mesmo, entre a população da cidade, agravado a questão segurança em Telêmaco. Tanto ele, como o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, João Ernesto Ribeiro foram em defesa dos trabalhadores. Ernesto disse que os trabalhadores que vieram pra trabalhar, “vieram sim pra trabalhar”. Já, Paiva, disse que por vezes, pelo contrário, eles é que são vítimas dessa situação de insegurança.

O pedido de calma insistente por parte do governador Beto Richa e “dos” secretários de Segurança, em todas as vezes que como presidente do Conseg, Graciane Eckerman esteve em audiência com eles em Curitiba, fez com que ela fizesse um certo desabafo, devido a ausência de uma ação concreta no sentido de várias medidas carentes para o município neste segmento: “Me ouviram, mas não me entenderam. Ouvidos surdos!” Ela comentou que faz inúmeras vezes que esteve na capital com essa pauta, por vezes havia secretários interinos que nem inteirados estavam. “Quem tem calma não tem alma. Eu só tenho a alma e não me provem mais a calma’! Ela fez campanha para a reeleição do atual governador, mas não escondeu total decepção de como está sendo olhado Telêmaco nessa questão, por Curitiba.

Durante o evento, Carlão fez questão de lembrar que essa é uma continuidade do trabalho que já vinha sendo conduzido na presidência do vereador Neri Mangoni. Também foi lançada por Carlos Alberto Rodrigues, da diretoria da Acitel, a proposta informal de que todo, ou a maior parte do grupo, vá até Curitiba e, em bloco, cobre providências do governador e do secretário estadual de Segurança Pública.

 

Leia Também:

Reunião aborda segurança na cadeia pública de TB