ONLINE
7




Partilhe esta Página

s

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Veja como foi o debate na Anhanguera
Veja como foi o debate na Anhanguera

Momento mais acirrado gerou pedido de direito de resposta e teve tréplica

D

2016-09-24 às 11:47:47) O formato do “Bate papo com os candidatos à prefeito municipal” foi pautado pelo respeito ao tempo que era cronometrado, até de forma surpreendente e elogiável por cada um deles.

A mediadora e diretora das Faculdades Anhanguera/Polo de Telêmaco Borba, Graciane Di Mário Ekermann, assim fez a condução:

 

PRIMEIRO BLOCO: Apresentação de cada um dos candidatos. Sua trajetória política e seu plano de governo

Isso foi feito com Dã Gonçalves Cortêz (PR, DEM, PRB, PSD, PROS, PSDB, PMB), Márcio Arthur Matos (PTC, PRTB, PEN, PC DO B), Neto Chueiri ((PSC, PSL E PT DO B) e Pedro Slonikarz (PT).

d

SEGUNDO BLOCO: Perguntas feitas com antecedência por alunos. Veja (* de forma sintética) a área ou ênfase dessas e a quem eram direcionadas, respectivamente

PEDRINHO DO PT: Com encarar a corrupção em Telêmaco Borba? Foi citado o caso da rodoviária envolvendo mais de uma administração.

NETO DA TEC´S: Quanto aos investimentos em Saúde, em que serão feitos? Citou Informatização e Hospital Regional.

MÁRCIO: Calçadas, vias para ciclistas e deficientes: soluções desse patamar – sinalização e urbanismo, ganharão setorização da cidade.

: Na área da Saúde, os deslocamentos fora do município: Ele lembrou importância do Erasto (trat. Câncer) e também que isso não sobrecarrega Hospital Dr. Feitosa.

PEDRINHO: Jardim União e questão habitacional e saneamento: Lembrou que não fora atendido pelo seu titular quando era vice-prefeito e colocou o prefeito da época frente aos moradores do Jardim União, na prefeitura, para que desse as respostas.

MÁRCIO: Hospital Regional e com as UTI´s necessárias: Citou que será prioridade fazer funcionar, além de outras iniciativas.

NETO: A implantação da Guarda Municipal: Disse que sim, será efetivada, e que há necessidade de urgentes medidas.

: infraestrutura nos bairros periféricos bem como saneamento: Afirmou que não deixará de atender essa população.

 

 

d

TERCEIRO E QUINTO BLOCOS: Perguntas dos acadêmicos que estavam na sala onde houve o evento. Eis os cursos dos mesmos. A área ou ênfase das perguntas e a quem eram direcionadas

ADM. EMPRESAS: As suas propostas estão documentadas para que não fiquem apenas no papel ou discurso? (NETO)

ENGENH. PROD.: Quais suas prioridades diante dos problemas que Telêmaco tem? (PEDRINHO).

ADM. EMPRESAS: O que será feito para a geração de empregos? (DÃ)

ADM. EMPRESAS: Quais as suas propostas para a Segurança? (MÁRCIO)

ADM. EMPRESAS: Quais as propostas para a área de Educação? (DÃ)

SERVIÇO SOCIAL: Quais as suas medidas quanto ao Hospital Regional? (PEDRINHO)

PEDAGOGIA: Quais as propostas para a melhoria na Educação e a inclusão dos alunos especiais? (MÁRCIO)

ADM. EMPRESAS: Para a Cultura, quais suas propostas? (NETO)

ENGENH. PROD: O que a prefeitura poderia fazer pensando em TB para os próximos 10 ou 15 anos e trabalhando outros segmentos que não somente a madeira? (DÃ)

CIÊNCIAS CONT.: Quais as propostas no transporte público? Lembrou implantação de terminal e que TB foi implicada em notícia nacional recentemente quanto a concessão. (NETO)

ENFERMAGEM: Qual a sua prioridade na Saúde? (MÁRCIO)

ENGENH. PROD: Quais as suas propostas quanto aos moradores de rua? (PEDRINHO)

 

 s

QUARTO BLOCO: Perguntas dos acadêmicos que estavam na área externa do Polo e onde foi disponibilizada a transmissão, via telão. Eis a área ou ênfase das perguntas e a quem eram direcionadas

- Qual será o critério de escolha do seu secretariado em caso de vitória? (MÁRCIO)

- Foi colocada no debate anterior a Klabin como se fosse a única responsável pelo Turismo em TB. Quais suas propostas próprias de TB, se prefeito eleito, nesse sentido? (DÃ)

- Quanto ao combate ou erradicação do mal que as drogas têm feito em nossa cidade, o que o senhor vai fazer? (NETO)

- O que o senhor vai implantar, unindo Esporte e Educação, para contemplar os talentos que surgirem e que temos em Telêmaco? (PEDRINHO)

No bloco final, a diretora da Anhanguera Polo TB, Graciane Di Mário Ekermann, fez a todos os candidatos a indagação que foi o ápice do evento: “E se você fosse o prefeito, o que faria por Telêmaco?

 

SÓ CLIMA PAZ E AMOR?

s

Normal no processo democrático, aconteceram alguns momentos mais acalorados, mas o clima de cordialidade primou, e tanto os candidatos como a direção que promoveu o encontro, o definiram satisfatoriamente.

Sem ser rude, Dã Cortez lamentou a falta de Luiz Carlos Gibson, que no entanto, enviou documento prévio com justificativa. Já, Márcio Mattos foi repetitivo, e disse que Dã Cortez o criticou em três programas *(eleitorais) por este ter faltado ao debate sobre Turismo na Acitel. Disso Dã replicou: “Mas faltou mesmo!”.

O único pedido de direito de resposta foi solicitado contra o candidato Márcio e dado direito a todos os seus oponentes. Veja cada alegação:

PEDRO: Criticado por ter apenas um candidato a vereador em sua chapa.

: Insistência na reclamação por ter dito da falta (de Márcio) ao debate sobre Turismo. Também de ter feito e estar fazendo parte da administração onde tinha um certo secretário muito criticado. Nesse sentido assim ele respondeu: “O Gibson tem um (...) e você tem cinco!”.

NETO: Criticado de ser novato na política e ser inexperiente nela, respondeu que por querer ver um TB melhor, representa a renovação.

Ao conceder a tréplica, Graciane solicitou ao candidato Márcio que se pronunciasse da mesma forma cordial como fora o início do evento e seu transcorrer.

 

 FIQUE ATENTO 

S

 

LEIA TAMBÉM:

Bate-papo da Anhanguera teve 4 “prefeituráveis”