ONLINE
8




Partilhe esta Página

S

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Acitel discute tomada do centro por ambulantes
Acitel discute tomada do centro por ambulantes

Iluminação com led foi elogiada. Renovação da concessão do pedágio foi pauta

s

2016-06-08 às 14:04:36) Na reunião mensal da diretoria da Acitel – Associação Comercial e Empresarial de Telêmaco Borba, nesta quarta-feira, duas correspondências foram lidas, sendo a primeira de Maria Sidor Coraiola, que até então como presidente do Conselho da Mulher Executiva, e sucedida por, no mês passado, expressou agradecimentos à instituição por todo apoio recebido, bem como desejando novamente uma excelente gestão à Cláudia Ramos Zielonka, e se colocando à disposição. Outra foi do convite da prefeitura para que membros da Acitel façam parte da comissão responsável pelo sorteio do IPTU Premiado. Hoje Ardson Lélis – executivo da associação, já participa.

d s

A importância do Conselho de Segurança para a cidade, e também elogios dos empresários pela colocação de lâmpadas de Led foi outro assunto. Um correspondência será enviada à prefeitura no sentido de se ter uma posição quanto ao excesso de ambulantes pelas vias centrais da cidade, inclusive que começam a ocupar espaços que deveriam estar livres aos pedestres, além de ser uma disparidade com quem mantém em dia seus impostos para trabalhar e gerar emprego.

s

O aumento do número de associados foi outro ponto satisfatório colocado em reunião. Presidente da Acitel, Adriano Degaspari Salvador, em referência ao momento atual vivido na esfera política, e que se vê toda vez que se liga a televisão, por exemplo, disse que a Acitel tem que ser um espelho e continuar zelando pela lisura, “seja na administração, nos sorteios realizados e no respeito com os associados”. Ele recordou a todos que o período eleitoral está chegando: “Estamos bem pertinho das eleições e não vamos aceitar gasolina e coisas desse tipo!”, ilustrando com essa prática tão conhecida dos brasileiros, ao levar uma reflexão a todos. Por fim, um adendo a questão que deverá envolver todo o Estado, e certamente às associações, com uma conscientização popular pela revisão, na renovação ou não da concessão do pedágio, - que não está tão longe, para que haja mudanças que destrone o valor abusivo das tarifas.

 

Leia Também:

CONHEÇA AS VITÓRIAS DA AVTB E A PATROCINE VOCÊ TAMBÉM