ONLINE
13




Partilhe esta Página

ACITEL

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Comitê discute estratégias para conter à Dengue
Comitê discute estratégias para conter à Dengue

São 20 casos confirmados e 96 suspeitos em TB

FONTE: PMTB

f

2015-10-24 às 09:47:30) O número de 20 casos confirmados e outros 96 suspeitos tem colocado todos os setores de saúde em estado de vigilância permanente.

Nesta quinta-feira (22) o Comitê de Combate à Dengue se reuniu para discutir e traçar metas para o combate e o controle da doença que até o momento apresenta os maiores índices nos últimos anos.

A reunião, ocorrida nas instalações do Centro de Vigilância em Saúde (antigo SUS), foi coordenada pelas servidoras Linda Mara Nogueira de Oliveira e Verceles Cristina Rodrigues Lopes do Programa de Combate e Dengue do Município, e contou com as participações do secretário de Saúde, Cláudio de Souza, Rui Miranda da 21ª Regional de Saúde, representantes da Polícia Militar, Núcleo Regional de Educação, Secretaria Municipal de Educação, CRAS, Universidade Estadual de Ponta Grossa e Imprensa da Prefeitura.

De acordo com o secretário de Saúde Cláudio de Souza o município tem envidado todos os esforços para o controle do vetor causador da dengue, mas que essa responsabilidade é de todos.

"Nós temos 22 instituições que pertencem ao Comitê e apenas sete compareceram, é um número pequeno para um assunto que diz respeito à saúde pública de toda uma população de 75 mil habitantes", questionou Cláudio.

"São 20 casos e mais outros 96 suspeitos e felizmente nenhuma morte, mas isso pode acontecer se esmorecermos. Conclamamos toda a sociedade organizada a encampar as medidas que nós estamos formalizando para combater a dengue", completou Souza.

Linda Mara expôs um perfil de como está a situação no Estado do Paraná até o momento, de agosto de 2014 a julho de 2015.

NÚMEROS NO ESTADO - São mais de 35 mil casos confirmados, 33,7 mil autóctones (contraídos no local de origem) e outros 1,7 mil (importados), com 24 óbitos.

SITUAÇÃO NA CIDADE - Em Telêmaco Borba o panorama da Dengue este ano, de janeiro a outubro, é de 20 casos confirmados, 10 autóctones e 10 importados, e nenhum óbito. Porém o município já constatou outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti, como a febre Chikungunya e a Zyca Vírus.

AÇÕES – O Comitê, através de seus membros, decidiu reforçar as ações que promovam a prevenção à Dengue.

Entres elas estão palestras educativas nas escolas, divulgação sobre cuidados com a doenças através dos meios de comunicação, além de mutirões abrangendo toda extensão do município, nos meses de novembro e dezembro.

Mutirão já aconteceram em dois bairros neste ano, Jardim Progresso (Área 6) e São Silvestre.

Seguem trabalhando diariamente 32 agentes de combate a endemias.

 

CUIDADOS

Os agentes de combate a endemias vão estar intensificando as visitas nas casas.

As maiores preocupações estão com os resíduos que acumulem água limpa e que fique parada, local apropriado para o mosquito se reproduzir.

Lixo, garrafas, lata, plásticos, tambores, tanque e pneus são grandes vilões se não estiveram em local correto.

"É importante que a população receber bem o agente da dengue, pois é o maior aliado no combate a esta doença que pode matar. Ao apresentar febre, acompanhada de pelo menos dois dos sintomas: dores de cabeça, dor no fundo dos olhos, nas articulações, dores musculares, fraqueza, manchas vermelhas pelo corpo, procure o posto de saúde mais próximo", alerta Linda Mara.

 

TRABALHOS EM 2015

- A Vigilância em Saúde desenvolve durante este ano reuniões semanais com os agentes de endemias. Veja os números

Identificação de lavras – 1.418

Imóveis Visitados – 49.013

Depósitos Tratados – 9.445

Depósitos Eliminados – 32.511

Depósitos inspecionados – 81.473

Pontos Estratégicos – 814

 

MAPA DE TRABALHO DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Telêmaco Borba é dividia em regiões para que a cobertura de atendimento se dê num todo.

Localidades Urbanas – 25

Localidade Rural – 1

Imóveis – 34.708

Quarteirões – 1.185

Terrenos Baldios – 2.217

Pontos Estratégicos – 57.

 

Leia Também:

SEMIFINAIS: VÔLEI SUB19 DA AVTB SE PREPARA PARA A BATALHA - Matéria especial mostra procura por mais patrocinadores, aos já, ao menos quarto melhores do Paraná