ONLINE
11




Partilhe esta Página

sr

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

S

D

S

C

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS


Ginástica de TB lembra inicio de Ana Luíza Pires L
Ginástica de TB lembra inicio de Ana Luíza Pires L

Descoberta por Sandra Buttini, a ex-aluna do Leopoldo Mercer sagrou-se vice-campeã brasileira

f

2015-08-27 às 12:57:30) A coordenadora do Centro de Ginástica Artística da Capital do Papel, Sandra Buttini, falou com exclusividade ao site Oberekando sobre a conquista no último final de semana, da ginasta telêmacoborbense, Ana Luíza Pires Lima.

Na época em que ela chegou, numa seleção iniciada no minicentro, com 1500 crianças, cuja afunilação das escolhidas caiu para 110, e depois em apenas 12, Ana veio com sua irmã mais velha, Alice. Os primeiros passos seriam a encaixar nas escolinhas, “mas de cara ela foi ao alto rendimento”, lembra Sandra. Para efeito de início na ginástica, cujas meninas são escolhidas com seis anos, ela já estava com idade acima, então o trabalho sobre Pires Lima, deveria ser intensificado.  “Às vezes as pessoas acham que tudo é um mar de rosas, mas não é assim. Ela tinha as mãos calejadas no inicio e teve muita força de vontade para continuar. Isso graças ao incentivo e confiança de seus pais!”. Com ela já tendo mudado para Curitiba, o ucraniano Oleg Ostapenko, que é do Cegin – Centro de Excelência de Ginástica Artística, da Federação Paranaense, sempre que terminava o treinamento das maiores, se dedicava exclusivamente a treinar a pequena gigante de TB, porque percebia ali um grande potencial, conforme lembrou a coordenadora.

ESCOLA DE TALENTOS

Outro ponto citado por Buttini foi a importância da implantação em Telêmaco da Escola de Talentos. A outros municípios foi dada a chance, mas esta cidade abraçou. Ponta Grossa era uma das candidatas. “Quando trouxe a Escola de Talentos para cá, eu já sabia que as meninas iriam começar a ver algum auxílio financeiro quando os resultados começassem a aparecer”.  Hoje ela comemora que cinco delas já estão certas como inclusas no Top 2015. “Apenas Curitiba e Telêmaco tem esse privilégio!”. O projeto tem bolsas de R$ 300 para esse ano, depois 500 e após, 800. Sua validade é renovada, conforme desempenho, em seis meses.

ATIVIDADES

Para setembro, a agenda da Ginástica está lotada. No dia 07 a participação no Desfile Cívico. As atletas também estarão na abertura na Semana Cultural. Dia 19, está sendo vista a possibilidade de uma participação em Francisco Beltrão. “É quase como aniversário: quando você é convidado, é porque a presença se faz importante!”, lembra. No mês de novembro acontece, e em Telêmaco Borba, a Copinha e, em conjunto com o Campeonato Paranaense. “Não teremos meninas no Paranaense, e somente na Copinha!”. No final do ano, o tão esperado Campeonato Vicélia Florenzano, em Curitiba.  

O esforço da professora Cléo Almeida foi lembrado pela coordenadora; “Hoje 80% do trabalho nesse ginásio é feito por ela. Cléo abraçou com carinho e muito empenho, essa causa!”.

”O MÉRITO TODO É DE CAROLINE MOLINARI E ELIANE MARTINS!”, AFIRMA BUTTINI

d

Ao ser parabenizada pelo feito de sua aluna Ana Luíza, categoricamente, a professora Sandra Buttini afirma: “Tudo isso aconteceu graças à Caroline Molinari  e Eliane Martins! Não gosto de levar méritos por Ana Luiza, porque a honra desse campeonato é muito mais delas que de Telêmaco! Tudo isso acontece graças à Federação Paranaense de Ginástica. Obvio, Sandra atribui méritos á ginasta e também aos seus pais, que acreditaram no potencial da filha e mudaram os planos de suas vidas em favor do sonho da pequena gigante. “SONHO NÃO: REALIDADE QUE APENAS COMEÇOU!

 

Assista entrevista exclusiva com Sandra Buttini, na íntegra:

 

Leia Também:

ANA LUÍZA PIRES LIMA ENCHE TB DE ORGULHO