ONLINE
203




Partilhe esta Página

A

DFF

d

ACITEL

s

sr

a

A

D

S

C

S

S

S

S

D

S

s  

D

 

MDA

A

AGÊNCIA ESTADUAL DE NOTÍCIAS

D


TBorba abre ano Legislativo e eleitoral de 2016
TBorba abre ano Legislativo e eleitoral de 2016

Observância dos vereadores para não promoverem campanha antecipada é o grande cuidado

s

2016-02-01 às 21:21:20) O ano legislativo de 2016, com sessões ordinárias, teve início nesta segunda-feira em Telêmaco Borba, e o vereador Mário Cesar Marcondes falou ao Oberekando das expectativas, sobretudo por ser um ano atípico, pela ocorrência de eleições municipais.

Ele disse da observância necessária das muitas regras, seja para elaboração dos projetos, indicações e requerimentos, além do uso da palavra na tribuna. “Existe todo um suporte jurídico que daremos aos vereadores, devido ao ano eleitoral”. Cesinha falou que prevê nesse ano, um grande crescimento do município, pela expectativa de orçamento de 175 milhões, e mais o superávit que será lançado pelo Executivo. Nesse sentido, lembrou da união dos dois poderes e que se tem que trabalhar juntos, o Executivo e Legislativo.

Dos cuidados para não incorrer em crime eleitoral, disse que os vereadores não podem induzir a população em quem ela deva votar: Não aqui (na Câmara) e nem nos espaços públicos”. Em fevereiro ainda, ou no máximo em março, espera que o Código de Postura da casa esteja aprovado. “Isso também auxiliará aos vereadores nos cuidados desse ano”. A reforma da Lei orgânica, que encontra-se quase finalizada e em cuja sociedade organizada foi convidada a participar da elaboração, terá por fim, a realização de audiências públicas. “Também faremos a reforma do Regimento Interno!”, lembrou.

Ao ser perguntado sobre a instalação do 26º Batalhão da Polícia Militar, reforçou que essa conquista terá o apoio de todos os vereadores. Também quanto às doações dos terrenos para o Cense e Casa de Semiliberdade, apontou que o projeto está em quatro comissões, além de que recebeu mais documentação do Executivo. Ainda em fevereiro uma discussão mais ampla com a sociedade será feita, através de audiências públicas, agora a serem realizadas pela Câmara independente das promovidas pela prefeitura, vendo que essas ajudarão os vereadores a construir o voto deles. “Construir a opinião deles, se será bom ou não”.

 

Leia Também:

VÔLEI: AVTB se prepara para um grande ano. Professor João Victor Moura falou ao Oberekando. AJUDE A AVTB